CHÁ DA RAIZ DE SALSA E TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ELE
agosto 1, 2018

CHÁ DA RAIZ DE SALSA E TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ELE

Por Tudogostoso

CHÁ DA RAIZ DE SALSA E TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ELE

[youtube v=”nORo4M98Kxg”]

Cultivada a mais de 2 mil anos pelo homem, a salsa era apenas usada como uma planta medicinal, e só mais tarde ela começou a ser utilizada como tempero. Há dois tipos de salsa: a de folha crespa, que tem um sabor suave, e a de folha lisa, conhecida como “salsa italiana”, de sabor mais apimentado. Os nutrientes encontrados na salsa incluem vitamina A, C,E e K, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6, B12, acido pantotênico, flatos, calcio, ferro, magnesio, fosforo, zinco, potassio e cobre. Os beneficios da salsa para a saúde incluem o controle do diabetes, artrite reumatoide, além de prevenir a osteoporose.

Além disso, atua como um analgésico com propriedades anti-inflamatórias, aliviando problemas gastrointestinais, como indigestão, cólicas no estômago, inchaço e náuseas, e ajudando a fortalecer o sistema imunológico. A salsa tem uma incrível capacidade de: 1. Auxilia na diabetes Tradicionalmente, a salsa era usada como medicamento para diabetes na Turquia. Para validar cientificamente essa afirmação, uma pesquisa foi realizada na Universidade de Mármara em Istambul, na Turquia. A pesquisa mostrou evidências de que os ratos diabéticos que receberam salsa mostraram uma melhora nos níveis de açúcar no sangue ao longo de um mês.

Por isso a pesquisa indica que ela pode ser usada para controle diabético. 2. Controla Artrite Reumatóide A salsa também é eficaz contra a artrite reumatóide. Compostos como vitamina C e beta-caroteno encontrados na erva possuem propriedades anti-inflamatórias que ajudam no controle da artrite. Acredita-se que consumir salsa regularmente também aumenta o processo de remoção de ácido úrico, que tem sido associado a sintomas de artrite.

3. Propriedades anti-cancerígenas Laboratórios em Minneapolis, nos Estados Unidos, extraíram um composto chamado miristicina, encontrado no óleo de salsa. Uma investigação preliminar da miristicina, revelou ter propriedades anti-câncerigenas. O extrato da erva só foi testado em ratos e a aplicação humana ainda esta em estudo.

4. Propriedades anti inflamatorias A salsa tem sido usada na região Mediterrânea para tratar dores de dente, contusões, picadas de insetos e alguns problemas de pele. De acordo com estudos realizados na Universidade Rei Saud, na Arabia Saudita, a salsa mostrou propriedades anti inflamatórias, além de prevenir a hepatite. As propriedades anti inflamatórias reduzem as inflamações internas, enquanto as propriedades que ajudam a prevenir a hepatite ajudam a limpar o fígado.

5. Osteoporose Eficaz em casos de osteoporose a salsa é útil na manutenção da saúde óssea. A osteoporose ocorre devido a baixo níveis de cálcio no organismo, e a salsa é considerada uma das melhores fontes desse mineral. Também contem uma quantidade apropriada de acido fólico.

6. Fortalece o sistema imunológico As vitaminas, minerais e antioxidantes encontrados na salsa são úteis para fortalecer o sistema imune. Estudos demonstraram que a erva contém propriedades antioxidantes e propriedades antibacterianas, tornando-a uma fonte ideal para vários remédios caseiros.

7. Efeitos diuréticos Há muitos séculos a salsa tem sido usada como diuretico, que ajuda no controle de varias doenças como cálculos renais, infecções do trato urinário e cálculos na vesícula. Por isso que tomar chá de salsa diariamente é bom para limpar o organismo em geral. Para consumir com responsabilidade e desfrutar dos melhores benefícios, você pode consumir até 3 xícaras diariamente. Veja como é simples fazer: Ingredientes: um punhado de folhas de salsa 1 litro de água Como fazer? Corte a salsa em pequenos pedaços e coloque na água assim que ela ferver. Desligue o fogo e espere esfriar. Em seguida, é só desfrutar do chá.

Se quiser pode conservar na geladeira.

Riscos de consumir a salsa: O consumo exagerado de salsa pode ter efeitos colaterais, por isso mulheres grávidas, lactantes, crianças e pessoas que sofrem com cálculos renais devem evitar consumir a salsa em exagero. O consumo de grandes quantidades da erva pode induzir a contrações uterinas durante a gravidez e afetar o gosto do leite materno..

Baixe Nosso aplicativo grátis https://bit.ly/AplicativoTecnoreceitas

Quer acompanhar todas as receitas diárias? curta a nossa fan page clicando AQUI 

Para mais Dicas de Saúde clique  AQUI